Fellini, quadrinhista
 
No dia 10 de junho, foi lançado 'Fellini Satyricon Politikon: Le Vignette tra Guerra e Partiti', obra em que o desenhista de humor Angelo Olivieri, que conta em seu currículo com curadorias de mostras na Bienal de Veneza,  resgata as criações em quadrinhos de um dos mais geniais cineastas do Século XX: Federico Fellini. Publicado pela editora romana Un Mondo a Parte, vocacionada em livros sobre arte, o livro mostra as colaborações de Fellini em revistas de humor satírico (Marc'Aurelio e Il Travaso), que revelam um Fellini ainda mais claramente político, em que seus desenhos não poupavam nenhuma  das principais correntes partidárias da Itália. Esta valiosa contribuição, de 94 páginas, custa 10 euros, e ainda traz uma antológica entrevista realizada com o cineasta em 1981 sobre a Funny Face Shop, histórica loja que vendia HQs para soldados americanos.